Páginas

domingo, 30 de dezembro de 2012

Os alimentos ideais para você apostar neste verão - Frutas, sucos e picolés podem fazer com que você tenha uma estação mais confortável


Foto: Divulgação PMV
Divulgação PMV
Frutas - alimentação saudável
O verão altera seu apetite? E a sua digestão, fica diferente? Se sua resposta é sim, não se preocupe. Essas alterações são normais. Por isso, é importante prestar atenção no que a gente come durante a estação mais quente do ano para garantir o bem-estar.

Segundo a nutricionista Rita Kwak, o calor altera o metabolismo do corpo, que trabalha mais para manter a temperatura interna. Isso faz com que a digestão fique mais lenta e que o suor seja mais abundante - o que irá aumentar a perda de líquidos e sais minerais. 

É essa desidratação a responsável por problemas comuns nessa época, como dores de cabeça, fadiga muscular, indisposição, pele ressecada e aspecto envelhecido. Por isso, hidratação é fundamental - e não estamos falando só de água.

"Temos que aumentar o consumo de alimentos que tenham mais água na sua composição. As folhas, o tomate e o pepino, por exemplo, possuem bastante água", explicou.

Frutas como pera, maçã, melancia, melão e abacaxi também são recomendadas. Elas também podem vir em forma de sucos e picolés. "Os picolés de fruta refrescam, têm vitamina e muita água. E não são muito calóricos", contou.

Mas a nutricionista alerta: mesmo que os sucos sejam opções nutritivas e saudáveis, comer a fruta ainda é melhor.

"Quando você mastiga, manda um sinal para o cérebro de que está se alimentando. Com o suco, você vai sentir fome mais rápido. Além disso, no suco você adiciona água, dilui as vitaminas e quebra as fibras. Comer laranja com bagaço e maçã com casca, por exemplo, é melhor que o suco dessas frutas", explicou Rita.

Outro cuidado é diminuir a ingestão de bebidas alcoólicas, que aceleram a desidratação do corpo. E evitar o consumo de alimentos de digestão mais difícil, como carnes vermelhas, frituras e alimentos gordurosos. "Não é pela dieta, é pela saúde. Esses alimentos vão gastar muito tempo para a digestão e vão te deixar empanzinado", disse.

Fonte: A Gazeta

Nenhum comentário: